Notice: The language 'en' has to be added before it can be used. in /storage/dominios/www.rhjbv.com/library/Zend/Translate/Adapter.php on line 430 Notice: No translation for the language 'en' available. in /storage/dominios/www.rhjbv.com/library/Zend/Translate/Adapter.php on line 443 JBV | Soluções em Recursos Humanos

Notícias JBV

A vez é das Mulheres ...

Data:26/03/2012 22:15:00

seta ilustrativa JC Negócios

foto
Uma visão crítica obre a economia pernambucana, brasileira e mundial.
Fernando Castilho

Para JBV Soluções em Recursos Humanos a vez das mulheres

 

Que a mulher assumiu novo papel na sociedade não é mais novidade. Ela já não vive exclusivamente para o lar e educação dos filhos. Ela cumpre sua função doméstica, mas concilia com a atividade profissional – vetor de independência financeira e pessoal.

“Esse universo quebra o pensamento de que mulher deve ficar em casa. Hoje temos casos de pessoas com mais de 40 anos, ou seja, de uma geração anterior, que quer entrar para o mercado”, analisa Vanci Magalhães, diretora da JBV Soluções em Recursos Humanos.

Com a mudança de cenários, institutos não se atêm mais a somente quantificar a participação do público feminino nas empresas. Eles agora se preocupam em avaliar o nível de satisfação dele. Foi o caso do Data Popular, que conversou com pouco mais de mil mulheres que trabalham no País.

O resultado divulgado é que 48,6% delas se sentem mais satisfeitas que um ano atrás no emprego. Contribuem para isso a igualdade nas seleções e relações de trabalho e a valorização do trabalho.

“Muitas profissionais estão consolidando sua carreira em cargos de chefia ou postos que antes eram destinados a homens, como atividades operacionais em linhas de produção”, saliente Vanci.

Essa ascensão profissional reflete outra pesquisa do Data Popular, que apontou o universo feminino como destaque no consumo de bens e produtos. De acordo com o estudo, 80% a 90% das mulheres são responsáveis por tomadas de decisões no momento da compra.

Os dois levantamentos se complementam quando os dados se cruzam e apontam que a independência da mulher surge pela sua constante busca por capacitação, que a leva à consolidação de sua carreira e, consequentemente, a se firmar na sociedade.

Postado por Fernando Castilho

 

Compartilhe: